Ecoturismo, promessa ou realidade?

1024 576
Travel2Latam
Travel2Latam
http://en.travel2latam.com/nota/55580-ecoturismo-promessa-ou-realidade
Ecoturismo, promessa ou realidade?
Tue July 30, 2019

Embora o turismo contribua para o desenvolvimento econômico das comunidades onde ocorre, gera um impacto no meio ambiente que muitas vezes pode levar a conseqüências negativas para a flora e fauna nativas


O turismo é um motor de crescimento econômico e uma ferramenta indispensável para o desenvolvimento. Segundo a Organização Mundial do Turismo, o setor contribui para mais de 10% do PIB mundial e fornece um em cada dez empregos. Por sua vez, o turismo é responsável por 5% das emissões globais de dióxido de carbono na atmosfera. Por esta razão, é importante avançar para uma economia do turismo, em que o crescimento não está necessariamente ligado à degradação ambiental, social e cultural.

O turismo responsável na América Latina ainda é muito incipiente, mas tem muito potencial de crescimento. A demanda é principalmente de turistas americanos e europeus. O grande desafio é atrair turistas da região.

Autoridades em todos os níveis das Américas consideram o turismo como um setor prioritário para promover o desenvolvimento econômico e a diversificação, e vários países da região estão adotando novas leis e políticas a esse respeito.

A região apostou nas viagens e no turismo como um instrumento para se fortalecer. Por meio de iniciativas regionais e locais, públicas e privadas, investindo no desenvolvimento do turismo interno e externo, os resultados são cada vez mais positivos, mesmo com a instabilidade do dólar e a estagnação de duas das maiores economias: Argentina e Brasil

A América Latina crescerá 2,1% em 2019, apoiada pelo melhor desempenho do setor externo e pelo aumento do investimento, embora com bastante heterogeneidade entre os países. É o que a BBVA Research indica em seu relatório "Situation Latin America Third Quarter 2018", no qual ajustou ligeiramente sua projeção para baixo, devido ao menor crescimento esperado para a Argentina e o Brasil. A CEPAL também estima o crescimento da região em 1,7%.

A América Latina recebeu 217 milhões de turistas em 2018. Com um crescimento anual de 3%. Segundo os números da Organização Mundial do Turismo, o turismo global aumentou em 6% o fluxo de turistas internacionais e na região o seu crescimento foi de 3%.

Enquanto as economias latino-americanas cresceram entre 1,3% e 1,5%, o aumento do turismo internacional receptivo foi o dobro, considerando que as regiões emergentes para o turismo, como o Oriente Médio e África cresceram 10% e 7% respectivamente, as oportunidades são muito maiores devido ao seu potencial.

Segundo a CEPAL, o Brasil, a maior economia da região aceleraria sua taxa de expansão para 2%, México 2,1%, Argentina diminuiria 1,8%, Colômbia e Chile cresceria 3,3% e Peru aumentaria seu PIB em 2,6%. O país que mais cresce na América Latina seria a República Dominicana, com 5,7% fortemente impulsionados pelo turismo, graças ao posicionamento de Punta Cana e seu crescimento como um dos destinos regionais mais fortes.

Mas por que é tão importante administrar o turismo através de projetos? Projetos são a unidade básica de gerenciamento de desenvolvimento. O turismo sustentável deve se basear em projetos cujos objetivos estejam de acordo com as três variáveis ​​de sustentabilidade (econômica, ambiental, sociocultural). Se o projeto é gerenciado de forma eficaz, os resultados são ótimos e os objetivos desejados são alcançados pelo menor custo possível, proporcionando benefícios a todos os envolvidos. Além disso, a implementação de projetos permite, através de seu controle, detectar possíveis problemas precocemente para sua solução posterior, fazer um diagnóstico da situação atual e uma descrição da situação a ser alcançada após o fechamento. Um projeto permite que você saiba que trabalho deve ser feito, por exemplo, quando, quem deve participar, o que deve ser controlado para garantir o alcance dos objetivos.

Concluído, o projeto será um antecedente para trabalhos futuros, é nesta fase de encerramento, onde os documentos com os resultados finais, como arquivos, diretórios, avaliações, lições aprendidas são tentadas. Levando em conta que a sustentabilidade é um processo, ela não é alcançada apenas pela conclusão de um projeto, mas é construída com base em trabalho contínuo.

Deve-se assegurar que todos os atores envolvidos, sejam do setor público ou privado, organizações ou indivíduos que serão afetados ou beneficiados pelo desenvolvimento do projeto, estejam envolvidos nesse processo.

Por outro lado, o turismo, especialmente nos países da América Latina e Caribe, utiliza a cooperação internacional (modalidade de ajuda que consiste na concessão de recursos para apoiar o desenvolvimento econômico e social), seja técnica ou financeira. Esses recursos são canalizados principalmente por meio de projetos, que são mais propensos a serem aceitos se fizerem parte de um programa e responderem a um plano, seja nacional, regional ou municipal.

Por estas razões, o acompanhamento da gestão de projetos sustentáveis é um caminho que pode garantir o fortalecimento do turismo, melhores condições ambientais e uma melhor qualidade de vida para as comunidades.

visitas

Did you like the news? Share it!